As pragas urbanas são verdadeiros problemas para qualquer pessoa ou imóvel. Porém, quando estamos tratando das empresas alimentícias o controle de pragas deve ser muito mais rigoroso e é até regulado por lei. O controle de pragas em empresas alimentícias é fundamental e é uma questão de saúde pública.

Existem diferentes pragas urbanas que podem atrapalhar o dia-a-dia de qualquer pessoa. No ramo alimentício, além de ser um problema sanitário, algumas pragas podem causar prejuízos graves.

Por exemplo, a OMS (Organização Mundial de Saúde) estima que cerca de 20% de todo o alimento produzido no mundo é destruído por ratos. Isso representa uma grande perda para a indústria e para o consumidor final também.

Além do prejuízo, há também um grande risco à saúde quando falamos de pragas urbanas e empresas alimentícias. Cozinhas de restaurantes, escolas e produtoras de qualquer tipo de alimento precisam estar sempre limos.

Saiba mais sobre o controle de pragas em empresas alimentícias com a Esgotecnica!

As pragas na indústria alimentícia

Primeiro vale a pena lembrar que a indústria alimentícia vai muito além do das produtoras primarias de alimentos. Existem diversos outros seguimentos, como as lanchonetes, restaurantes, refeitórios e transportadoras.

Todas essas etapas precisam ter um programa de controle de pragas adequado. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) tem regulamentos e leis que precisam ser seguidas neste quesito.

Agentes de vigilância sanitária pode fazer inspeções a qualquer momento em segmentos da área alimentícia e até mesmo interditar a empresa ou comércio até regularização comprovada.

Segundo a ANVISA, é necessário um sistema de controle integrado para garantir o controle de pragas em empresas alimentícias. Essas informações estão detalhadas na RDC 216, de 2004, mais especificamente no item 4.3 que você pode consultar neste link.

Como é feito o controle de pragas em empresas alimentícias

Segundo o documento da ANVISA o controle de pragas não pode ser feito de forma esporádica, com apenas algumas ações espaçadas. Ação integrada deve ser feita com procedimentos do dia-a-dia junto com controle químico feito por profissionais.

  • A primeira etapa do controle de pragas está no cuidado rotineiro. A edificação, as instalações e os equipamentos devem estar livres de qualquer praga e vetores. Para isso a empresa precisa adotar medidas de limpeza constante. É preciso ter cuidado com dejetos, com a limpeza de lixos, eliminar acúmulos de entulhos e outros objetos que podem servir de ambiente para proliferação. A empresa pode desenvolver um plano com o objetivo de impedir a atração, o abrigo, o acesso e ou proliferação dos mesmos. Algumas empresas de dedetização podem ajudar com a elaboração destas medidas.
  • Controle químico realizado por empresas profissionais. Além dos procedimentos citados, também é preciso ter o controle feito por uma empresa profissional. O controle tem como objetivo eliminar qualquer praga que esteja no ambiente e evitar que elas se proliferem. Cada empresa pode adotar um tempo diferente para o controle de pragas em empresas alimentícias. Geralmente ela é feita em intervalos regulares de não muitos meses.

Com essa ação integrada entre as duas partes, é possível garantir um controle de pragas em empresas alimentícias eficiente e completo.

Esta é apenas uma versão simplificada de como o processo funciona, já que a empresa dedetizadora precisa oferecer um plano completo e bem detalhado.

Como escolher uma empresa para o controle de pragas em empresas alimentícias

O primeiro passo para escolher a melhor empresa dedetizadora para o controle de pragas é garantir que ela conta com todas as licenças necessárias para atuar no segmento. Entre as principais licenças estão a da ANVISA e o alvará.

Empresas que não possuem essas certificações não tem como provar que utilizam métodos e produtos autorizados pelo Ministério da Saúde. Ou seja, é possível que ao contratar uma empresa não regular, você esteja colocando muitas pessoas em risco.

Todos os químicos utilizados pelas empresas licenciadas são aprovados pelo Ministério da Saúde. Essa é uma medida para evitar que produtos nocivos à saúde sejam utilizados de forma irregular e se tornem um problema de saúde pública.

Uma empresa dedetizadora também precisa oferecer garantia de seu serviço. Fuja daquelas que não oferecem essa possibilidade. A garantia é a forma da empresa mostrar que confia no seu trabalho e que está seguindo todas as recomendações do mercado.

Muitas empresas oferecem garantia de 3 e 6 meses. Quanto maior é o período de garantia, mais compromisso com o cliente a empresa tem.

Na região de São Paulo você encontra essas características e muito mais na Esgotecnica. Além de termos todas as licenças necessárias para atuação, também oferecemos garantias de até 1 ano.

Aqui você encontra também pagamento facilitado e atendimento 24h. Realizamos o controle de pragas em empresas alimentícias, residências, prédios e condomínios, sempre com as melhores soluções!

Contamos com os melhores profissionais da área e atendimento completo para todo o estado de São Paulo.