Não exatamente, mas como diz aquele velho ditado, “É melhor prevenir, do que remediar”. O que acontece é que a dedetização visa alcançar os esconderijos dos insetos, que por instinto de sobrevivência vão migrar para outros lugares mesmo que tontos com o veneno, até finalmente morrerem.

Antigamente os produtos tóxicos utilizados eram tão agressivos que poderiam afetar a saúde por meio de inalação, ingestão e absorção pela pele. Hoje empresas especializadas já optam por métodos mais modernos, que se diferem de acordo com a cada praga, sendo possível realizar a dedetização sem ao menos precisar sair do local.

As vantagens destes métodos modernos é que é possível atender pessoas com alergia a odores, crianças recém nascidas, gestantes, animais domésticos, plantas entre outros benefícios que antes eram incômodos.

No entanto, todo cuidado é pouco quando se trata de dedetizações, principalmente se você possui um animal de estimação próximo ao local. Por possuirem um instinto caçador de insetos, os bichinhos devem manter acompanhamento e movimentação restrita, pois qualquer contato com o veneno pode ser fatal. Ainda que não coloquem na boca, somente o contato da pata sobre veneno, basta para contaminação.

As precauções dos vizinhos da casa dedetizada é praticamente o mesmo: feche os ralos e outros locais que podem sair insetos para evitar que estes insetos envenenados entrem na sua casa e intoxique os animais. Ao se deparar com um deles, recolha-o imediatamente e jogue água no local.

O ideal é que as dedetizações sejam combinadas entre os moradores, para evitar qualquer contratempo. Assim, caso o desconforto com os insetos esteja afetando ambas as partes, é possível solicitar o procedimento em conjunto no mesmo período, eliminando o problema de uma só vez.

Os animais devem ficar longe do alcance de qualquer produto químico, seja ele qual for, por isso, recomenda-se deixá-los em casas de parentes, amigos ou petshops por no mínimo 6 horas.

Para executar este serviço é recomendado solicitar uma equipe qualificada. Não se esqueça de certificar-se de que a empresa dedetizadora possui a documentação exigida pela Anvisa. Siga as orientações a risca de acordo com o método utilizado, bem como a manutenção que dependerá do tipo de área.

Dedetizar a casa sem avisar ninguém pode causar fatalidades à vizinhança, informe-se bem sobre os cuidados e repasse aos moradores antes de mais nada.